Financas – Como controlar?

Falar de finanças, requer um conhecimento profundo de o que realmente significa esse tema. Finanças não se resume apenas em um tipo de controle do que recebemos e consequentemente gastamos, mas sim a melhor forma de administrar os nossos recursos.

Ao falar de finanças devemos saber que o básico para administrar os nossos recursos, é quando nós temos o controle básico de como gastar menos do que recebemos.

Com uma planilha básica de uma contabilidade pessoal, podemos obter esse controle. Números apontam que nós brasileiros temos um alto índice de inadimplência no país, por falta de controle de nossos recursos, gastamos mais do que recebemos, automaticamente não conseguimos arcar com todas as nossas dívidas prometidas.

Uma planilha simples com o controle de nossos recursos não nos deixará mais ricos, mas nos ajudará a ter o melhor controle e saberemos o momento certo para gastar o que temos em caixa.

Vivemos em um país caro, com impostos caros onde a cada ano que passa aumentam de forma absurda. Não é atoa que temos um alto índice de inadimplência, pois nós compramos o que na maioria das vezes é de fato necessário, porém acabamos tendo que nos comprometer com gastos fixos que a cada ano que passa fica mais alto e consequentemente não conseguimos arcar com os compromissos feitos ao longo dos anos.

Na teoria parece simples ter uma planilha de controle de nossas finanças e dizer onde devemos aplicar os nossos recursos, mas sabemos que é muito mais difícil na vida real.

O número de devedores em nosso país, não aumentou de uns anos para cá apenas por falta de controle, sabemos a crise em que nosso país vivenciou de 2012 até o ano atual (2018) aos poucos muitos estão em uma fase de recuperação, mas com a crise, o índice de desemprego aumentou de tal maneira que pessoas não tiveram outra opção a não ser fazer dívidas e mais dívidas para sobreviver.

A crise veio, pessoas ficaram desempregada, mas o valor da água continuou aumentando, a luz, o feijão, o leite e assim por diante.

Vivemos em um país caro, porém precisamos ser inteligentes para viver no mesmo, em cada vez que vamos ao supermercado, ao invés de gastarmos uma hora na compra do mês, podemos gastar duas, essa hora a mais utilizada para tal atividade, terá resultado lá na frente, como por exemplo: um molho de tomate que compramos a R$ 0,50 mais barato mas com a mesma qualidade daquele que é mais caro por ter um nome de marca, nos ajudará na economia de nossos recursos e consequentemente teremos um menor numero de contas a pagar futuramente.

Devemos controlar as nossas financas colocando prioridades em nossa vida, se em tal mês eu recebi um valor a mais do normal, ao invés de sairmos para comer com a família, porque não adiantar uma conta de um financiamento e no final do mesmo fazer tal atividade programada? É assim que temos um melhor controle de nossas finanças, quanto menor a nossa inadimplência, menos estresse teremos com as empresas de cobrança.

Para finalizar, devemos ter em mente que precisamos controlar cada centavo recebido e gasto dos nossos recursos, tendo assim um maior controle e melhor destino para as nossas finanças.